Botânica

Árvore ginecológica
Célula tronco
Dolorosa poda feminina
Enxertos
formando uma mulher híbrida

Melhor será a flor
Morta a mulher

Melhor será a flor

Deflora-a
Colhe a seiva dos caules
Arranca-lhe os espinhos
Deixando-a nua
A nudez lisa das flores plásticas

Eterna a flor
liberta de sua natureza e_fême®a

 

Criação

Ao esvaziar-me faço me plena
Literadura
Onde a minha liberdade poética
Finca raízes
Onde me dissolvo em símbolos
E deixo de ser
Para ser eu

Radicais,,,,,,, e mais vírgulas
Sufixadas debaixo da minha pele
……. de interrogação
Teses, antíteses de mim
Eu mesma
Materializando-me no tronco
Invadindo as ramificações
Caindo da árvore
Fruto da minha imaginação.