Ana, ex-histérica, adora passear com seu útero, retirado na última operação. Hiperativo, ele corre quadras e quadras já logo pela manhã. E não é que, com a sua energia contagiante, ele conseguiu convencer a Ana a começar a correr e assim levar uma vida mais saudável? Ela se sente mais linda, mais leve e livre desde a operação. Até as amigas acham que ela ficou sei lá… mais mulher, mais ela. Agora só falta o silicone.

Prendada

Intumescidos bicos
De minha prenda linda
Bordar laborioso
De agudas ânsias
Cosia-nos a angústia
Pontos de volúpia
Rastros transparentes
Dum êxtase em púrpura

E mui moroso som
Como uma seda fina
Que nossas bocas fiam
Staccato… e contínuo
Num urdir confuso
Rumo ao infinito

Corpos enrolados
Quais bichos de seda
A descansar unidos
Sobre o desalinho.